Seja bem-vindo(a)!

Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet).

Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet)

  • Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet)
  • Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet)
  • Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet)

Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet).

Gosta deste produto? Deixe o seu comentário aqui!

Disponibilidade: Esgotado

R$29,90

Digite o seu CEP:

DESCRIÇÃO


Caixa porta-jóias ou porta-treco em resina em formato de gato egipcio (Bastet). Pode ser utilizado como porta-treco, porta biju, porta jóias ou somente para decorar. Uma linda peça de decoração diferente e sofisticada. Deixe sua casa organizada e bonita. Uma peça diferente e exclusiva. Um toque de charme na sua casa. Para comprar, para presentear, para colecionar.


 


SIGNIFICADO


BASTET, a deusa gata (gato egipcio). Protetora dos gatos, das mulheres, da maternidade, da cura. Era guardiã das casas e feroz defensora dos seus filhos, representando o amor maternal. Deusa Solar, mas como uma felina tem também grande ligação com a Lua, porque a luz e a magia da Lua influência a todos os felinos e a fertilidade. O Templo de Bastet, era em Bubastis (cidade do Delta do Nilo), cujo nome em egípcio "Per-Bast" (significa "a casa de Bastet"), mantinha gatos sagrados que eram embalsamados em grandes cerimônias quando morriam, porque eram considerados como encarnação da deusa. Bastet, Bast, Ubasti, Ba-en-Aset ou "Ailuros", palavra grega para gato. O nome egípcio para o gato era "Mau". Bastet é uma das esposas de Rá (deus Sol), com quem foi mãe de Nefertum e Mihos. 
É representada como uma Gata Preta, com um brinco e um colar ou uma mulher com cabeça de gato segurando um sistro, instrumento musical sagrado. Os antigos egípcios representavam os seus deuses com aspecto humanos e com cabeça de animal. Cada deus tem seu animal sagrado associado e digno de adoração, como se fosse a própria divindade. 
E tal como os humanos os animais eram também mumificados para assim poderem ser preservados no além. Arqueólogos descobrem restos de templo do século 3 a.C.. Veja a matéria aqui: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u681550.shtml.
Bastet foi uma das divindades mais veneradas no Antigo Egito. Nas festas dedicadas a Bastet, as ruas enchiam-se de música, de dança, brincadeiras, com muita comida, muitos doces, mel e vinho.
O gato doméstico foi trazido para o Egito por volta do ano 2.100 a.c. e era muito valorizado por ser matador de cobras. Considerado um ser divino, ao ponto que quando um deles morriam de morte natural, as pessoas da casa raspavam as sobrancelhas em sinal de luto. Os gatos eram tão sagrados no antigo Egito, que quem matasse um gato era condenado à pena de morte.
O símbolo do GATO PRETO era utilizado pelos médicos egípcios para anunciar a sua capacidade de cura.
Deusa Bastet protetora dos lares e da família.

 


ESPECIFICAÇÕES   


Dimensões: 8,8cmx15cm(A)x6cm(P), peso: 388g

embalagem c/produto: 16cm(L)x7cm(A)x9,5cm(P) peso: 426g

Código do Produto caixa-gatoegipcio5124050088

Opinião dos Clientes

Produto: Caixa em resina porta-jóias ou porta-treco em formato de gato egipcio (Bastet).

O que você achou deste produto? *

  ♥♥ ♥♥♥ ♥♥♥♥ ♥♥♥♥♥
Embalagem
Preço
Qualidade